universo

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Assistência de enfermagem em UTI


Assistência de enfermagem em UTI


CONTEXTO DA HOSPITALIZAÇÃO NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA  
    Devido às características de sua clientela específica, a UTI exige da equipe capacidade de tomada de decisões, ações rápidas e precisas, e o máximo de sua eficiência.
  • As áreas de tratamento intensivo, foram criadas a partir dos anos 1960, com a finalidade de reunir, em um só local,clientes que necessitem de maior atenção e vigilância.
           Segundo a Resolução COFEN 189, de 25-3-1996, uma Unidade de Assistência Intensiva é aquela que recebe “clientes graves e recuperáveis, com risco iminente de vida, sujeitos à instabilidade de funções vitais, requerendo assistência de enfermagem e médica permanente e especializada.”
             Uma unidade de tratamento intensivo (sigla: UTI) ou unidade de cuidados intensivos (sigla: UCI) caracteriza-se como "unidade complexa dotada de sistema de monitorização contínua que admite pacientes potencialmente graves ou com descompensação de um ou mais sistemas orgânicos e que com o suporte e tratamento intensivos tenham possibilidade de se recuperar". .
  • uma unidade de tratamento intensivo (sigla: UTI) ou unidade de cuidados intensivos (sigla: UCI) caracteriza-se como "unidade complexa dotada de sistema de monitorização contínua que admite pacientes potencialmente graves ou com descompensação de um ou mais sistemas orgânicos e que com o suporte e tratamento intensivos tenham possibilidade de se recuperar".